domingo, 29 de julho de 2012

Bandas Britânicas anos 60: The Hollies


O “Papo do Som” continua com o especial sobre as bandas britânicas da década de 60...

E porque escolher justamente esta época?... Foi um período marcante na música mundial... Além do mais, foi uma década dividida em duas: A primeira parte, de 1960 a 1965, marcada por um sabor de inocência, e até de romantismo nas letras das músicas..... A segunda, de 1966 a 1969, mostra um tom mais ácido, nas experiências com drogas, a perda da inocência, a revolução sexual e os protestos juvenis contra os governos.

A banda selecionada para este post é outra da cidade de Manchester: The Hollies.


Eles foram contratados pela Parlophone em 1963 como colegas de selo dos Beatles, e lançaram seu primeiro álbum nos Estados Unidos em 1964 durante a primeira leva da Invasão Britânica.

O grupo foi criado pelos amigos de infância Allan Clarke, vocalista, e Graham Nash, em meados de 1962. Em seguida juntaram-se Don Rathbone na bateria, Eric Haydock no baixo, e Vic Steele na guitarra-solo, que rapidamente substituído por Tony Hicks.


Em 1963, quando o grupo começou a fazer um certo sucesso, Don Rathbone passou ao posto de "roadie" e foi substituído por Bobby Elliot, considerado por muitos como um dos melhores bateristas ingleses do período.
O primeiro hit foi “Stay”, de 1963.

Apesar de normalmente não ser lembrada como uma das principais bandas de rock dos anos 1960, os Hollies emplacaram diversos sucessos e se tornaram, ao longo da década, o segundo grupo de maior sucesso da Grã-Bretanha em termos de vendagem de discos, atrás apenas dos Beatles.
Outras duas ótimas músicas do The Hollies:... "Look Through Any Window”, de 1965, e “Stop Stop Stop”, num estilo folk.


O The Hollies se caracterizou por impecáveis trabalhos vocais, duplos ou triplos, e várias dessas canções viraram versões em português, gravadas por artistas da Jovem Guarda.
Uma das mais famosas: “Bus Stop”, também de 1966... Aqui no Brasil fez sucesso, com o grupo Golden Boys, na versão “Pensando Nela”, com o começo inesquecível: “Tarde fria, chuva fina.... E ela a esperar...”  

O conjunto passou por várias mudanças em sua formação, e continua na ativa até hoje, resgatando a lembrança de quem viveu aquela época mágica... e para mostrar aos mais novos a ótima qualidade de suas canções....
Uma das mais marcantes foi: "He Ain't Heavy, He's My Brother", de 1969... depois regravada por Bill Medley, em 1988.

O Hollies ainda se apresenta atualmente, com apenas dois de seus integrantes originais: Tony Hicks e Bobby Elliott.


Em 2010 a banda entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll.

Para encerrar, mais quatro canções do The Hollies... e mesmo sendo um especial sobre os anos 60, coloquei três faixas gravadas na década seguinte...
Sorry Suzanne” (1969)

Long Cool Woman in a Black Dress” (1972)... Essa é uma das canções mais legais da banda!!!

As duas últimas, conhecidas do público brasileiro em regravações.....
The air that I breathe” (1974)

Don't Let Me Down”  (1974)


Texto de Daniel Vito

Nenhum comentário:

Postar um comentário